Certamente você já ouviu essa expressão! Pois é, engolir sapo é tolerar situações desagradáveis e manter-se em silêncio passivamente, podendo ser por inúmeros motivos como, incapacidade de reagir, necessidade de alguém ou algo, simplesmente para evitar o confronto, para ser aceito, para parecer “bonzinho”, ou algo nesse sentido, negligenciando sentimentos, desejos e necessidades da pessoa que padece disso. 

Pois acredite, que neste movimento originam-se mágoas, frustrações, impotência e com uma enorme possibilidade de gerar doenças psicossomáticas, desrespeito, desamor, à própria pessoa.

Entendo que desde a primeira infância aprendemos esse comportamento que surge de ordem cultural e religiosa. E assim vamos crescendo nesse padrão de passividade que precisamos desconstruir e construir outro padrão de comportamento positivo, sendo mais assertivo, para diminuirmos nossas perdas. 

Ruminamos sentimentos de raiva e culpa que muitas vezes nem percebemos, e o pior, acreditamos até que somos assim mesmo, num conformismo mesmo nos sentindo manipulados e incompreendidos. Isso compromete muitas vezes nossa auto estima e confiança. 

Sugiro que tente mudar esse jogo, se permitindo a soltar esse enorme sapo “cururu” que formou dentro de você e inicie soltando o quanto antes um “girino” ou uma “rãzinha”. Ou seja, aprenda a dizer “NÃO”, no dia a dia e de preferência de forma sutil a fim de não criar impacto, nem pra pra você e nem para as pessoas que você se vincula. Aprenda a ser assertivo, se respeite acima de tudo.

Ser assertivo é dizer o que pensa com confiança e firmeza, sem perder a civilidade e a educação. No início você poderá encontrar dificuldades para mudar sua atitude, pode sim, gerar um sentimento de culpa e medo, mas tente entender que são sentimentos seus e que ninguém terá acesso, ninguém saberá, somente você. 

Se acolha, se respeite, seja responsável por você mesmo. Se você não se posicionar, ninguém vai conseguir ler seus pensamentos para saber o que realmente o incomoda e o que você deseja. Faça isso devagar, no seu tempo, mas não esqueça que o tempo urge! 

Um forte abraço!

shutterstock_257103109

About The Author

Envie seu comentário

Seu email não será publicado.