Déjà-vu, é uma palavra de origem francesa que na tradução significa ” já visto”, que segundo estudo da psicologia é uma reação  que surge ocasionalmente. Esse episódio, ocorre quando uma pessoa faz, fala ou vê algo que dá a sensação de já ter feito ou visto antes, embora nunca tenha ocorrido.
O déjà- vu aparece como um “replay” de alguma cena, onde a pessoa tem certeza que já passou por aquele momento, mas realmente isso nunca ocorreu. Neurologistas e psicólogos tentam entender esse fenômeno a partir de uma falha no cérebro, os fatos que estão acontecendo são armazenados diretamente na memória de longo ou médio prazo, sem passar pela memória imediata. Isso dá a sensação que tal situação já ocorreu, quase sempre vem com uma sensação de estranhamento.
Segundo a psicanálise, o déjà-vu é um fenômeno que resulta do desejo de resgatar fatos  reprimidos e elaborá-los, ou seja, aparecem como um mecanismo de defesa contra experiências traumáticas ou de prazer.  E surgem como uma vaga lembrança ou como lembranças “reais” de conteúdos reprimidos.
Apenas a título de exemplo, em um caso clínico, uma pessoa relatou que toda vez que passava numa rua do bairro da Cidade Velha, existia ali uma casa antiga de cor verde com duas janelas e uma porta com uma árvore na frente do portão e dizia que tinha a sensação que já esteve naquela casa e que sentia algo muito agradável e curioso. Após algumas sessões foi esclarecido que quando criança ela era levada por sua mãe com freqüência em uma costureira que residia e trabalhava numa casa antiga semelhante, porém não exatamente na mesma rua que ela costumava passar. Portanto, a sensação lhe levou a impressão de realidade vivida, caracterizando assim,  o déjà-ju.

Amor-Respeito-e-Liberdade

Dirce Hage- Psicóloga
Especialista em Saúde Mental

About The Author

One Response

  1. ANDRÉIA MARIA SARMENTO

    Alda Dantas, parabéns pelo espaço vivência e pelo tema “o desejo de resgate na memória” abordado pela psicóloga Dirce Hage, cujo trabalho eu conheço por ser sua paciente. Espero que este espaço continue esclarecendo sobre o ser humano e sua conduta, transmitindo assim, o conhecimento para os seus inúmeros leitores.

    Responder

Leave a Reply

Your email address will not be published.