Antes, quando se falava em usar tons neutros para a decoração de uma casa, apartamento ou espaço corporativo, a primeira ideia que surgia era a opção pelo bege. Pois bem, esqueça. Ou melhor, aposente essa tonalidade. Os novos queridinhos para preencher o quesito da neutralidade ficam por conta dos tons acinzentados. Do claro ao expressivo cinza chumbo, a variedade de tons se mantém entre o branco e o preto, demonstrando a estabilidade e a neutralidade da cor.

toda decor 2

De acordo com especialistas, o uso da tonalidade aumenta a conexão com os elementos naturais, como a madeira, que está cada vez mais presente nos projetos decorativos de interior, predominando ou aparecendo como detalhe imponente em móveis de linhas retas, planas e sóbrias.

decorr 3

Outros elementos que geram efeito de neutralidade na decoração de interiores são as texturas de linho, cada vez mais presentes nos estofados e até mesmo em papeis de parede. O couro, outro queridinho de arquitetos de designers, vem surge cada vez mais em projetos de mobiliários pela cidade, bem como a tonalidade fendi, que se adequa a quase todos os layouts. Em tour pela loja Saccaro, percebemos a presença desses elementos que conferem um toque de sofisticação aos móveis que figuram em diversos lares da capital paraense. Por sí só, eles já garantem grande efeito visual ao ambiente, gerando uma atmosfera contemporânea quando acompanhados dos elementos certos.

toda decor   4

Por Michel Ribera.

About The Author

Envie seu comentário

Seu email não será publicado.